Categoria
Institucional
Ter, 2024-07-02 11:45
As Fundações Comunitárias e o Papel da Filantropia no desenvolvimento das Comunidades
Fundações Comunitárias e Filantropia

As Fundações Comunitárias desempenham um papel fundamental no cenário filantrópico, servindo como catalisadores para o desenvolvimento local e para a mudança social. Ao contrário de outras organizações, as Fundações Comunitárias focam-se num contexto geográfico, canalizando recursos para satisfazer as necessidades das comunidades onde se inserem. 

Estas instituições necessitam (e procuram) das doações de diversas fontes. São fundações que gerem os fundos angariados para atender às necessidades da comunidade. Normalmente, as Fundações Comunitárias incluem na sua estrutura um órgão com representantes da comunidade, que apresenta e sustenta as prioridades e os desafios da mesma.

Uma das características distintivas das Fundações Comunitárias é a sua continuidade, através da qual garantem suporte de longo prazo às necessidades da comunidade. A presença duradoura e estável, promove a confiança necessária a potenciais doadores (empreendedores individuais, empresas, associações, etc.) que pretendem estar ligados ao desenvolvimento e apoio social em prol de um presente mais favorável e da criação de melhores condições de vida para as gerações futuras, mas que, pelas suas estruturas e missão, não têm capacidade de o fazer. Deste modo, com a garantia da idoneidade, da transparência, da permanência e da confiança, aqueles doadores – filantropos - encontram forma de, com os seus investimentos em Fundações Comunitárias, contribuírem para o desenvolvimento social. 

As Fundações Comunitárias atuam, pois, como pontes entre os filantropos e satisfação das necessidades locais, facilitando a filantropia impactante. Proporcionam, também por essa via, vários benefícios de relevo para filantropos e destinatários:

Possibilidades para os Filantropos: oferecem aos doadores opções flexíveis e eficientes para efetuarem doações no âmbito do mecenato. Esta flexibilidade garante a possibilidade de envolver uma gama diversificada de doadores;

Experiência na gestão de donativos: com o seu profundo conhecimento das questões locais, as fundações comunitárias têm grande capacidade para identificar e responder às necessidades da comunidade, garantindo que os donativos são utilizados de forma eficaz e disso dando feedback aos filantropos;

Capacitação: as Fundações Comunitárias apoiam frequentemente a comunidade, não apenas através de apoios financeiros, mas também com iniciativas de capacitação, como é o caso da formação, da assistência técnica/serviços de apoio, do planeamento estratégico, ajudando indivíduos e outras organizações a tornarem-se mais eficazes e sustentáveis.

Realmente, o impacto das Fundações Comunitárias nas comunidades locais, com o apoio de uma filantropia sustentada, pode ser profundo e multifacetado, promovendo áreas como:

Desenvolvimento Socioecónomico: ao apoiar iniciativas locais, as fundações comunitárias podem estimular o desenvolvimento socioeconómico, contribuindo para o desenvolvimento de programas que incentivem competências profissionais, o emprego e a melhoria da qualidade de vida;

Serviços de Apoio Social: as Fundações Comunitárias dão, muitas vezes, prioridade ao apoio de serviços sociais essenciais, como o apoio na distribuição e gestão de bens (alimentares e outros), nas áreas da Educação, da habitação, da proteção e promoção social. Estes serviços são essenciais para o bem-estar da população, especialmente daqueles que se encontram em situação (ou em risco) de pobreza e exclusão social;

Enriquecimento Cultural: o apoio às artes e à cultura é outra importante área de destaque. As Fundações Comunitárias podem apoiar programas culturais, projetos artísticos e de preservação histórica, enriquecendo o tecido cultural da comunidade e promovendo um sentimento de identidade e pertença;

Sustentabilidade Ambiental: muitas Fundações Comunitárias estão cada vez mais focadas nas questões ambientais. Promovem a sustentabilidade, a conservação e a educação ambiental, contribuindo para a saúde, a curto e a longo prazo, dos recursos naturais da comunidade.

 

Desafios e oportunidades
 

Embora as Fundações Comunitárias estejam numa posição única para impulsionar a mudança local, enfrentam, nos dias de hoje, grandes dificuldades e desafios. Um deles passa por garantir a sustentabilidade financeira. É, agora também, a oportunidade para se estreitarem os laços de confiança entre as organizações e os filantropos.

A Filantropia existe para apoiar os que mais precisam, de forma transparente, alinhada entre todos os agentes locais envolvidos. Seja financeiramente, seja pela partilha de experiências, de competências, de meios e serviços, esta forma de doar em prol dos mais necessitados - com flexibilidade, confiança, partilha de informação e feedback claro – tem uma grande importância, merece o reconhecimento e o desafio ao investimento na criação de oportunidades que promovam o desenvolvimento comunitário.

Olga Fonseca, Diretora da Área Social da Fundação CEBI

Outras Notícias

19 Julho 2024
CEBI integra o Programa Social Leapfrog
28 Junho 2024
Diretora Coordenadora da CEBI no "Caminhos para a Mudança"
06 Junho 2024
CEBI integra Assinatura da Convenção pela Implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
07 Maio 2024
Ex-alunos da CEBI continuam a participar no projeto "Tenho Voto na Matéria" da UNICEF