Foi a “crescer, observar, aprender e celebrar com a Natureza” que os alunos do Colégio José Álvaro Vidal assinalaram o Carnaval deste ano. Conscientes da necessidade de “voltar às raízes, desligar-se do que é superficial, aprender a abrandar o ritmo, respirar e simplesmente estar presente”, os estudantes dos 5 anos e do 1.º ciclo “vestiram-se a rigor” e participaram numa atividade sustentável onde, através do uso de ferramentas simples e recursos naturais, pretendeu-se fomentar o interesse, o entusiasmo e o conhecimento pela conservação da Natureza. 

“Com os pés na Terra” decorreu durante a manhã do dia 01 de março e foi acompanhada por diversos Encarregados de Educação. A atividade procurou ser um “jogo pedagógico” com continuidade.

Não foi “um Carnaval tradicional”. Mas sim, um momento onde se procurou “ensinar a importância de ter voz ativa na nossa vida, na sociedade e no mundo”, numa iniciativa que concebeu a necessidade de “ver tudo de diversas perspetivas. Respeitar todos e amar o nosso planeta”. 

Utilizar recursos e bens naturais sem comprometer o futuro

Foi também a valorizar “a importância da preservação do meio ambiente”, fomentando, através de uma componente lúdica, a consciência sobre a “relação de respeito consigo próprio, com os outros e com o meio natural”, que decorreu o “Baile de Máscaras” dos alunos do 2.º e 3.º ciclos e do 10.º ano. 

Tendo uma maior consciência das problemáticas ecológicas que a biosfera e, consequentemente, a humanidade enfrentam, é imperativo adequar o estilo de vida das sociedades atuais. A capacidade de utilizar os recursos e bens da Natureza, sem comprometer a disponibilidade destes elementos no futuro, implica adotar um padrão de consumo com responsabilidade ambiental. Por isso mesmo, o “Baile de Máscaras” foi preparado previamente com a construção criativa de máscaras, tendo como recursos os elementos da natureza em detrimento dos materiais poluentes habitualmente associados a estas celebrações.

Explorações livres, conscientes e felizes

Também as crianças de 1 e 2 anos da Creche e de 3 e 4 anos do Pré-escolar celebraram o Carnaval com recurso a meios exclusivamente naturais, respeitando e preservando o mundo à sua volta. Numa exploração completamente livre, brincaram, trabalharam e usaram a Natureza para não deixar de celebrar o Carnaval.

Mais conscientes, felizes e capacitados para as exigências do futuro. 

Nas salas de 1 ano, pintou-se com tintas criadas com recurso a frutas e legumes. Nos espaços exteriores dos Blocos Rosa e Verde, as crianças de 2 e 3 anos descobriram um novo espaço, forrado com ambientes naturais: pinhas, hera, folhas secas, troncos redesenharam os “recreios”. Enquanto isso, no Bloco Azul, os disfarces dos alunos de 4 anos ganharam forma com recurso exclusivo a elementos da Natureza: colares, pulseiras, coroas e máscaras foram construídos integralmente com material sustentável. 



VOLTAR