O Comité Português para a Unicef apresentou o Relatório “Equidade para as crianças: tabela classificativa das desigualdades em matéria de bem-estar das crianças nos países ricos”. De acordo com o documento, Portugal registou um dos maiores aumentos das disparidades de rendimento, ocupando o 19º lugar na tabela que avalia todas as dimensões relativas às desigualdades em análise.

O rendimento disponível nas famílias, o desempenho Escolar, os problemas de Saúde percecionados pelos jovens e satisfação geral com a vida são as quatro áreas analisadas no Relatório, onde estão representados 41 países da União Europeia e Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Olhando para a lista dos países analisados, a Dinamarca surge no topo como o país que tem menores desigualdades entre crianças. Já Israel surge em último lugar. Os dados mostram ainda que as disparidades de rendimentos de agregados com crianças aumentaram, na maioria dos países, desde que começou a crise económica.

Pode consultar aqui o Relatório completo.


Conheça também o trabalho desenvolvido pela CEBI na área da Emergência Social.



VOLTAR