Os escaladores da CEBI regressaram às competições do Desporto Escolar em janeiro, com a participação de cinco atletas na prova que decorreu em Caneças. Entre os mais de 70 alunos em competição, representantes de dez Escolas distintas, os escaladores da Fundação voltaram a destacar-se com quatro lugares no pódio – no escalão Iniciados Feminino, a Beatriz Anacleto alcançou o 1.º lugar, enquanto no escalão Iniciados Masculino, o Tomás Tavares, o Daniel Augusto e o Pedro Gil ficaram empatados na 1.ª posição.  

Com fluidez e dinâmica, a prova de Escalada em Dificuldade ofereceu aos escaladores a possibilidade de realizar três vias diferenciadas. No total, somaram-se 228 ascensões entre os participantes, que demonstraram “voltar em força” às competições e com indicadores de melhoria.

A próxima prova de Escalada do Desporto Escolar está agendada para 14 de março e é organizada pela Fundação CEBI.

Valorização da formação e do acompanhamento dos atletas

Entre as competições, os escaladores da CEBI tiveram ainda oportunidade de se dedicar à sua formação enquanto atletas, participando no “Estágio de Descoberta”. A atividade, que se realizou a 17 e 18 de fevereiro, em Paião, teve como intuito principal a avaliação das capacidades motoras dos atletas, analisando movimentos e traçando um acompanhamento que potencie o desenvolvimento integral dos atletas. 

Do Clube de Montanhismo e Escalada da Fundação CEBI participaram neste estágio federativo, organizado pela Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada (FPME), quatro atletas e um treinador. Durante a iniciativa, os participantes tiveram oportunidade de contactar com Marco Jubes, ex-campeão espanhol de Escalada em Bloco e um dos melhores route setter do mundo.



VOLTAR