Desde cedo, e desde sempre, que o respeito pela individualidade e pela diferenciação pedagógica são fatores determinantes para o desenvolvimento do bem-estar e da felicidade nas crianças.

Num momento em que a flexibilidade e a interdisciplinaridade representam instrumentos reconhecidos como fundamentais no processo de ensino e aprendizagem e, consequentemente, no sucesso educativo dos alunos, o Colégio José Álvaro Vidal (CJAV) deu, no dia 01 de outubro, continuidade ao cruzamento de saberes e de áreas do conhecimento.

Numa rota pela flexibilidade curricular, pela partilha e pela experimentação, vários alunos do Colégio José Álvaro Vidal celebraram a transdisciplinaridade, com o intuito primeiro de assinalarem o Dia Europeu das Fundações e Doadores.

Sublinhar o papel das Fundações na vida comunitária

A atividade, à qual se deu o nome de “Quando uma gota de tinta se junta com uma nota musical”, foi definida como “uma experiência intensa para os estudantes”, decorreu no Ateliê Artístico e foi acompanhada de perto por Ana Maria Lima.

Emocionada, a Presidente do Conselho de Administração da Fundação CEBI considerou o momento “muito rico e muito sentido”, onde, mais uma vez, teve a certeza que, “em qualquer iniciativa, alunos e profissionais do Colégio superam-se e diferenciam-se”. 

Participaram na iniciativa crianças da Creche e do Pré-escolar, bem como alunos do 1.º ao 3.º ciclo, alguns deles envolvidos nas Atividades de Enriquecimento Curricular de Ginástica Acrobática e Ballet. Acompanhou-os Samuel Matias, Professor de Música do Colégio da CEBI, que, com a mesma liberdade que é dada aos alunos, acompanhou a iniciativa à guitarra, conduzindo o canto dos estudantes num miniconcerto improvisado. 

O momento foi também partilhado com diversos Diretores da Fundação, bem como elementos do Corpo Docente do CJAV, que, em conjunto com alunos, sublinharam da melhor forma o papel das Fundações na vida comunitária.

A transdisciplinaridade irá continuar. A música com a matemática, o teatro com o português, a pintura com a dança. E tantas outras possibilidades.



VOLTAR