Decorrentes do contexto da Fisiatria, os tratamentos de Mesoterapia e de Ondas de Choque estão disponíveis na Clínica de Medicina Física e de Reabilitação da CEBI e são prescritos e realizados por um Médico Fisiatra.

Especialidade francesa com mais de 50 anos

A Mesoterapia é uma técnica que tem como objetivo principal o tratamento da dor e da inflamação. Consiste na administração de medicamentos por via intradérmica, através de uma pequena agulha, utilizando técnicas específicas com material eletrónico adequado - Pistola de Mesoterapia. Na Fundação CEBI é realizada por médicos Fisiatras com formação nesta área, e abrange consultas e tratamentos. Tem uma periodicidade semanal, realizando-se à quarta-feira a partir das 14h00.

Colocada em prática, em 1952, pelo médico francês Michel Pistor, a Mesoterapia consiste na injeção de medicamentos em doses muito baixas, entre a epiderme e a derme, o mais perto possível do local a tratar, com o mínimo de efeitos indesejáveis, sem envolver outras áreas do organismo. As injeções são administradas com a ajuda de agulhas de 4 a 13 milímetros, manualmente ou preferencialmente por meio de uma Pistola de Injeção ou Mesoperfusor. O material utilizado é esterilizado e de uso único.

É um método que está indicado em várias áreas da Medicina, incluindo tratamentos em Doenças Reumatismais, Ortotraumatologia, Medicina Desportiva, Dermatologia e Estética.

A técnica tem sido aplicada com diversos objetivos terapêuticos, sobretudo no tratamento da dor e inflamação. As principais indicações para a Mesoterapia são Tendinites, Bursites, Artropatias Degenerativas (artrose), Lombalgias, Mialgias e Contraturas Musculares. Quase todos os doentes podem beneficiar deste tratamento: adultos, doentes diabéticos, pessoas Idosas, doentes com Gastrite ou Úlcera que contraindique a toma de anti-inflamatórios e até mesmo crianças. Está praticamente desprovido de efeitos secundários e tem muito poucas contraindicações.

Tratamento externo, simples, rápido, seguro e eficiente

O tratamento por Ondas de Choque é, por sua vez, uma modalidade indicada para aliviar a dor crónica, nomeadamente nas Tendinites/Tendinoses do Ombro, Cotovelo, Joelho, Tendão de Aquiles e Calcanhar e ainda em alguns tipos de Raquialgias. É um tratamento externo, simples, rápido, seguro e eficiente que consiste na transmissão de Ondas de Choque extracorporais, desde a superfície da pele ao interior dos tecidos afetados, promovendo a sua regeneração e a melhoria do seu metabolismo. É também utilizado equipamento específico.

Com um tipo de energia mecânica, as Ondas de Choque penetram no tecido lesado e provocam um fenómeno chamado “cavitação”, onde microbolhas se rompem provocando micro-roturas no tecido inflamado, determinando a liberação de substâncias anti-inflamatórias locais, estimulando um aumento na microcirculação local. As Ondas apenas atuam em tecidos lesionados e não causam qualquer efeito em tecidos normais.

O tratamento por Ondas de Choque é usado desde os meados da Década de 80 na especialidade de Urologia, para o tratamento de pacientes com Cálculos Renais – método conhecido como “Litotrícia”. No início da Década de 90, na Alemanha e na Áustria, através de estudos científicos, verificou-se que este método de tratamento também era eficaz em patologias Ortopédicas.

Método não invasivo, sem cicatrizes nem hospitalização

O uso das Ondas de Choque tem também um efeito osteogénico, quando aplicada em pacientes com fraturas de difícil consolidação, além de outras indicações.

Algumas das vantagens proporcionadas pelo tratamento são o facto de o método não ser invasivo e, em muitos casos, evitar a cirurgia. Não há nenhum tipo de sangramento visível. Não há cicatriz. É totalmente ambulatório. Não há a necessidade de hospitalização. Na sala de tratamento, o paciente é acomodado de maneira a estar sentado ou deitado, dependendo da região a ser tratada. O equipamento será acoplado diretamente na área do corpo a ser tratada e em seguida iniciar-se-á a emissão das Ondas de Choque.

TEXTO | Manuela Amaral . Diretora da Clínica de Medicina Física e de Reabilitação da CEBI



VOLTAR