O Vice-Presidente da Liga de Amigos do CEBI (LAC), e médico de profissão, José Belo Vieira, esteve na Fundação para dinamizar uma ação de sensibilização com o tema “Tabagismo nos Jovens e na Escola”. A sessão, que decorreu a 28 de maio e foi promovida pela LAC, contou com a presença dos estudantes das três turmas do 9.º ano. 

“Um cigarro contém mais de sete mil substâncias prejudiciais à saúde”, começou por esclarecer José Belo Vieira, acrescentando que “o tabagismo é a principal causa de morte no mundo inteiro” e que a consciencialização sobre os seus malefícios “é o melhor meio de prevenção”.

Certo de que “é necessário dizer não a esta dependência”, o Vice-Presidente da LAC questionou: “Porque fumam os jovens? Porque experimentam?”. E apontou as razões: “por curiosidade, por pressão dentro dos grupos de amigos, por imitação de pessoas que consideram exemplo, por influencia dos media, por prazer e, muitas vezes, também por rebeldia, pela necessidade de criação de uma identidade ou imagem que não corresponde à realidade”.

Durante a sessão, o médico José Belo Vieira, que também é Encarregado de Educação de uma aluna de 9.º ano do Colégio da CEBI, alertou ainda para os perigos associados “aos novos produtos substitutos do tabaco”, mais perigosos e medicamente preocupantes, principalmente porque “utilizam as novas tecnologias para produzir tabaco que os jovens vão, à partida, gostar”. A mensagem final foi clara: “não queiram crescer assim!”.



VOLTAR