Previous Page  78 / 82 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 78 / 82 Next Page
Page Background

78

RELATÓRIO E PARECER

DO CONSELHO FISCAL

Senhores Fundadores,

Em cumprimento das disposições legais e estatutárias vem,

o Conselho Fiscal da CEBI - Fundação para o Desenvolvi-

mento Comunitário de Alverca, apresentar o relatório sobre

a sua atividade e dar o parecer sobre o Relatório de Gestão

e contas, constantes do Balanço, Demonstração de Resulta-

dos e respetivo Anexo ao Balanço e à Demonstração de Re-

sultados e outras demonstrações financeiras, documentos

elaborados pelo Conselho de Administração da Instituição,

reportados ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2015.

1 - Relatório

1.1 - O Conselho Fiscal acompanhou a atividade da Funda-

ção através da informação contabilística e dos esclareci-

mentos recolhidos junto do Conselho de Administração e

Serviços.

1.2 - Procedeu à conferência dos valores patrimoniais da

empresa através do método de amostragem.

1.3 - O Conselho Fiscal não tomou conhecimento de qual-

quer situação que ofendesse os preceitos legais e o contra-

to da Instituição.

1.4 - O Relatório de Gestão apresentado pelo Conselho de

Administração traduz a atividade, a evolução e a situação da

Fundação, condicionada às circunstâncias da sua atividade,

da conjuntura nacional e internacional e as perspetivas de

evolução.

1.5 - O Balanço, a Demonstração de Resultados e outras de-

monstrações financeiras evidenciam a situação económica

e financeira da CEBI - Fundação para o Desenvolvimento Co-

munitário de Alverca, referida a 31 de Dezembro de 2015.

1.6 - O Conselho Fiscal analisou a Certificação Legal de Con-

tas, com as quais concordou.

1.7 - As análises constantes do número anterior constatam

a inexistência de irregularidades ou violações da lei que

ponham em causa a gestão da Fundação ou as Demons-

trações Financeiras, que pudessem afetar a situação patri-

monial. A melhoria das relações internas, nomeadamente

quanto ao sistema de controlo, tem possibilitado uma in-

formação mais correta e atempada quanto aos valores de

custos e proveitos das várias respostas sociais, possibilitan-

do decisões no sentido de um perfeito equilíbrio em cada

área de serviço, evidenciando uma melhoria na qualidade.

2 - Parecer

Assim, como resultado da informação recebida e das verifi-

cações efetuadas, o Conselho Fiscal é de parecer que:

a) Sejam aprovados o Relatório, Balanço e Contas relativos

ao exercício de 2015;

b) Seja aprovado um voto de louvor ao Conselho de Admi-

nistração pela forma como desempenhou as suas funções e

pela competência e dedicação demonstradas.

Alverca, 28 de Março de 2016

CONSELHO FISCAL

Francisco Miguel Costa da Silva -

Presidente

Fernando Paulo Serra Barreiros -

Vogal

José Manuel Almeida da Silva -

Vogal / ROC n.º791