Previous Page  18 / 82 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 18 / 82 Next Page
Page Background

18

Promover atividades inovadoras

Considerando a importância e a dimensão das atividades

anuais e por forma a otimizar a conceção de ideias, a arti-

culação e a comunicação, foi criado um grupo de trabalho

multidisciplinar permanente.

Formação

Integrado no plano de formação, destacamos o investimen-

to nas áreas do português e do inglês. Relativamente a este

último, todos os docentes frequentaram um módulo de for-

mação com o objetivo de reforçar as suas competências lin-

guísticas. Quanto ao português, a formação foi realizada em

conjunto para todos os professores do Colégio que lecionam

a disciplina, assumindo-se como um modelo de partilha de

experiências entre docentes dos vários ciclos. Esta formação

incidiu sobre as áreas da gramática e da leitura.

Novos Protocolos

Salientamos ainda o Protocolo celebrado entre o Colégio e

a Fundação de Serralves.

ANÁLISE DA INTERVENÇÃO

Ao longo de 2015, o Colégio José Álvaro Vidal implementou,

para os seus alunos, atividades de desenvolvimento do sen-

tido de ética e responsabilidade social, que promoveram

momentos de aprendizagem cooperativa e envolveram as

crianças e jovens na cultura da Fundação.

No âmbito da Creche e Pré-Escolar foram desenvolvidas 8,

das 9 atividades lúdico-pedagógicas previstas no Plano de

Ação, sendo que as atividades “Sentir, Explorar e Crescer”,

“Germinar”, “Caixa de Memórias” e “Um novo olhar” cumpri-

ram a meta estabelecida.

Ao nível da

Creche

, foram envolvidos cerca de 186 alunos,

nas atividades seguintes:

186

alunos da Creche, participaram nas

atividades lúdico-pedagógicas previstas

• “Sou do tamanho do que vejo” - promoveu a interação e

partilha de momentos lúdicos expressivos, com os alunos da

área da música e da dança.

430

alunos do 2º e 3º ciclos, envolvidos

nas atividades desenvolvidas

Para o

2º e 3º Ciclo

, foram planeadas e realizadas cinco ativi-

dades, tendo todas alcançado a meta estabelecida:

• Elaboração de antologia de poemas subordinada ao tema

da “Ética”, na qual participaram 18 turmas, envolvendo 430

alunos.

• “Sentir, explorar e crescer” - foi criado um espaço senso-

rial multifuncional, no qual se desenvolveram as 18 sessões

planeadas;

• “Germinar” - pretendeu-se criar um circuito interativo e ex-

ploratório, onde as crianças tiveram oportunidade de explo-

rar diversos materiais e experimentar novas sensações;

No ensino

Pré-Escolar

realizaram-se as seguintes cinco ati-

vidades:

• “Arquit’éticas” foi um projeto focado na criação de perfor-

mances artísticas baseadas no conceito de ética. Nesta ativi-

dade envolveram-se mais de 100 crianças, e pretendeu-se,

essencialmente, promover momentos de aprendizagem

cooperativa e atitudes de respeito e tolerância.

• “Caixa de Memórias” visou a recolha de imagens, registos,

objetos e experiências com algum tipo de importância para

os alunos, permitindo-lhes reconhecer características espe-

cíficas e laços de pertença. Registou-se uma grande parti-

cipação nesta atividade, sendo que a recolha ascendeu a

perto de 300 itens, excedendo em grande escala o previsto;

• “A pessoa que sou” teve como objetivo criar uma insta-

lação, que refletisse características individuais e elementos

culturais e sociais, contribuindo para a compreensão da

noção de ética e para a aquisição de valores sociais. Neste

projeto participaram cerca de 110 crianças;

• O Projeto “Dar voz às palavras” envolveu 114 alunos num

manifesto criativo, com o objetivo de despertar o espírito crí-

tico e reflexivo e desenvolver capacidades de comunicação;

• Em “Um novo olhar” participaram cerca de 350 alunos na

construção de uma exposição fotográfica, aberta a visitantes,

incentivando a colaboração das famílias na cultura do Colégio.

350

alunos do Pré-escolar, participaram

nas atividades propostas