Previous Page  45 / 110 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 45 / 110 Next Page
Page Background Relatório e Contas 2013 Fundação CEBI

45

|

Instituidores e Órgãos Sociais

|

Nota de Abertura

|

A Fundação em Números

|

Relatório de Atividades

|

Análise Económica e Financeira

|

|

Referências Finais

|

Demonstrações Financeiras | Anexo às Demonstrações Financeiras

|

Apreciação e Certificação

|

Contactos

|

Educação

|

Ação Social

|

Saúde

|

Outras Atividades

|

Balanço Social

|

Durante o ano de 2013 deu-se continuidade ao

protocolo

estabelecido entre a

Funda-

ção Rocha dos Santos

e a Fundação CEBI, contribuindo para a promoção de condições

de igualdade de oportunidades para jovens provenientes de famílias carenciadas que se

revelem empenhados em prosseguir os seus estudos.

Atualmente, são apoiados 9 bolseiros, sendo que 3 frequentam o ensino secundário e

6 estão já inseridos no ensino superior em cursos de gestão, contabilidade, audiologia,

design de ambientes, enfermagem e relações internacionais.

No âmbito do protocolo, prosseguiu-se o programa “Abrir Horizontes”, tendo sido promo-

vidas visitas de âmbito cultural, destacando-se as visitas ao Palácio Nacional da Pena,

Museu de Arte Contemporânea e à Exposição de Joana Vasconcelos, no Palácio Nacional

da Ajuda.

Foi atribuído, pela primeira vez, o prémio Fundação Rocha dos Santos aos bolseiros que

se distinguiram ao longo do ano pelo mérito académico, enriquecimento cultural e pela

cidadania ativa.

Emcontextos de grande dificuldade na organização e na construção de respostas sociais

às pessoas e às famílias que nos procuram, é exigido ao corpo técnico do DISC um ele-

vado nível de especialização de modo a garantir ummaior empenho, motivação e criativi-

dade nas suas respostas específicas.

Tal como previsto, foi desenvolvida

formação

correspondente às necessidades específi-

cas dos elementos da equipa, preparando-os para dar as respostas esperadas e adequa-

das aos utentes dos diversos serviços do DISC.

Para este efeito, privilegiou-se a formação interna, criando momentos formativos no

decorrer das reuniões de equipa, onde se apresentaram e discutiram diversos temas,

tais como, “Stress e Burnout” e “Intervenção na Crise”, para além dos estudos de caso.

Atividades

O

Gabinete de Atendimento Social

desenvolveu a sua intervenção informando, orientando

e encaminhando todas as pessoas e famílias que recorreram a este serviço. Manteve o

apoio às situações dos indivíduos e agregados em situação de carência, de fragilidade e/

ou de crise; No âmbito deste Gabinete foram realizados 576 atendimentos e 79 visitas

domiciliárias, referentes a 384 famílias.

No que diz respeito à

Ajuda Alimentar

, verificou-se uma diminuição do número total

576

79

384

atendimentos pelo Gabinete de

Atendimento Social

visitas domiciliárias

famílias apoiadas