Previous Page  39 / 110 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 39 / 110 Next Page
Page Background Relatório e Contas 2013 Fundação CEBI

39

|

Instituidores e Órgãos Sociais

|

Nota de Abertura

|

A Fundação em Números

|

Relatório de Atividades

|

Análise Económica e Financeira

|

|

Referências Finais

|

Demonstrações Financeiras | Anexo às Demonstrações Financeiras

|

Apreciação e Certificação

|

Contactos

|

Educação

|

Ação Social

|

Saúde

|

Outras Atividades

|

Balanço Social

|

do projeto “Amar é Agasalhar” desenvolvido pelos alunos de Design de Moda e Coordena-

ção e Produção de Moda, que doou cachecóis, almofadas e bonecos para as crianças; da

Nivelfarma, com a oferta de bilhetes para o Circo ; dos Bombeiros Voluntários de Alverca,

que entregaram brinquedos no dia 24 de Dezembro; da Cruz Vermelha Portuguesa, que

possibilitou que algumas das crianças que passaram o Natal com as suas famílias rece-

bessem o Pai Natal, na Noite de Natal.

No âmbito do

Sistema de Gestão da Qualidade

foram renovadas, pela EIC – Empresa Inter-

nacional de Certificação, emAbril, a Certificação da Qualidade (NP EN

ISO 9001:2008

) obtida

em 2008 e, em Janeiro, a Certificação do DES (Nível C), no âmbito do

Instituto de Segu-

rança Social, IP,

(Norma Referencial NP EN ISO 19011:2003) para a Resposta Social “Cen-

tro de Acolhimento Temporário”

Foi realizada, também em Janeiro, por Equipa de Auditores Internos, uma Auditoria

Interna para a Certificação do DES no âmbito do Instituto de Segurança Social, IP (Norma

Referencial NP EN ISO 19011:2003).

Neste domínio é de destacar que foram implementadas Ações de Melhoria, Ações Pre-

ventivas, Correções e Ações Corretivas decorrentes do Plano Anual de Melhorias, do Con-

trolo de Ações de Melhoria e de Auditorias realizadas, tendo sido todas encerradas com

eficácia. Uma das Ações que implementámos e que consideramos ter contribuído bas-

tante para aumentar a qualidade da intervenção da Equipa do DES, foi a substituição da

Médica por uma Médica Pediatra. Os resultados têm sido evidentes e bastante positivos,

até na articulação com os Hospitais. De salientar, ainda, que foram considerados pelos

auditores, como “pontos fortes” no DES: “o conhecimento das práticas definidas, o maior

controlo no prestador de serviços de fornecimento de refeições, novo projeto educativo e

maior detalhe dos planos de atividades e a nova ficha de consulta da criança com código

de cores“.

No plano da

Formação

, houve um reforço relativamente a 2012, tendo sido efetuadas

610 horas

de

Formação

pelas Colaboradoras do DES, com a participação da Equipa Téc-

nica em

13

ações (Seminários, Congressos, Formações, etc.).

610

horas de Formação efetuadas pelas

Colaboradoras do DES