Previous Page  7 / 12 Next Page
Information
Show Menu
Previous Page 7 / 12 Next Page
Page Background

9

E ainda um instrumento de acção

Quem se dedique seriamente a estudar a presença do Marketing Social no nosso país, terá de registar

que, em 2004, este foi o primeiro livro editado, em Portugal, nessa área, como contributo para a

melhoria dos processos de intervenção na mudança de comportamentos sociais, na perspectiva do

conhecimento prático. A presente edição apenas actualiza algumas referências documentais e fará o

leitor o favor de dizer se os anos que passaram desactualizaram esta pequena obra.

Desde então, o meio conceptual e interventivo do Marketing Social, em inúmeros países, enrique-

ceu-se imenso, mostrando que a sua acção tem sido útil às sociedades que procuram, sobretudo,

uma vida melhor para os seus membros. A segunda conferência mundial de Marketing Social, realizada

em Dublin, em Abril de 2011, juntou cerca de 700 delegados vindos de 41 países.

Em Portugal, o conhecimento do Marketing Social ampliou-se um pouco, graças ao interesse de alguns

investigadores, à sua incorporação em cursos universitários e ao surgimento de alguns estudos aca-

démicos. Contudo, a sua transição do campo intelectual para o campo do poder efectivo, aos vários

níveis, e das significativas acções que ele pode conduzir tem sido ainda muito escassa.

Algumas campanhas sociais, perante a evidência dos resultados, foram reconhecendo que acções me-

ramente comunicativas não tinham grandes resultados. Não é uma conclusão desprezível mas o passo

marcadamente positivo será o de passarmos a adoptar amplamente, com rigor, persistência e avalia-

ção, metodologias, nomeadamente a do Marketing Social, que busquem resultados mais sólidos para

os inúmeros problemas de comportamentos que a nossa sociedade enfrenta.

Oxalá esta reedição seja um instrumento útil para tal, tanto em Portugal como nesse amplo espaço

mundial marcado pela língua portuguesa.

Carlos Oliveira Santos

Prefácio